sábado, 3 de outubro de 2009

Depois dele

É difícil chegar a admitir isso mas ela foi forte o bastante e começou a pensar sobre a sua vida, pensou em todos eles depois DELE, pensou nas coisas que aconteceram, o fatores, os produtos, os consequentes, o coração e a segurança. E só conseguiu chegar a poucas conclusões, pensou talvez que os livros de psicologia da sua mãe tivessem a resposta a resposta, eles não ajudaram grande coisa, só falaram que provavelmente por ela ter se entregado tanto para ele, por ter amado demais com tamanha intensidade e por ter se apegado demais, ainda não conseguiu superar a perda e o tremendo choque que ocorreu quando ele falou que estava com outra.

Ela sabe que não passa de um receio por ter sido trocada de maneira tão escrota e que por isso não se apega e existem os 400 caras, a poligamia e o coração de gente que supostamente não se apaixona. Podem até chamar ela de sacana, mas ela não faz por mal, quando ela percebe já aconteceu e ai, ai já era.

É como diz a musica, ''depois dele os outros são os outros'' e isso é um fato. Ele não era tão bonito, tão foda, tão legal, mas soube conquistar ela, e naqueles quase dois anos malucos, apesar de tudo, valeram. Talvez ela nunca se recupere e nunca consiga amar outra vez, talvez ele tenha sido um grande filhodaputa e tenha escolhido o caminho mais fácil e é por isso que ainda a segue rondando ou talvez ela simplesmente esta muito paranoica e tenha que largar das coisas. Mas ela sabe que as coisas vão continuar assim, afinal não tem muito o que se mudar nê? É algo meio que, sai da frente que ela ta passando...

Um comentário:

  1. Parece que eu te contei minha vida e tu escreveu..
    Perfeito ao extremoo
    <3'

    ResponderExcluir